Bem Vindos ao Tom Hiddleston Brazil, o primeiro e mais completo fansite brasileiro dedicado ao ator Tom Hiddleston, mais conhecido por seu papel como Loki nos filmes Thor e Os Vingadores. Aqui você encontra as últimas notícias, entrevistas, fotos e vídeos sobre o ator. Obrigada pela visita, voltem sempre! -
Equipe THBR

quarta-feira, outubro 29, 2014


Loki confirmadíssimo em Thor: Ragnarok!

0
Conforme publicado pelo Screenrant, Kevin Feige, o todo-poderoso da Marvel Studios, anunciou oficialmente os novos projetos da Fase 3 que chegarão aos cinemas entre 2016 e 2019, e eles incluem Capitão América: Guerra Civil, Black Panther,  Capitã Marvel, entre outros super filmes!

E é claro que a próxima onda de filmes da Marvel também vai contar com o retorno do deus do Trovão. Um dos filmes confirmados foi Thor: Ragnarok, que terá Chris Hemsworth reprisando seu papel como asgardiano e membro dos Vingadores. Mas ele não será o único veterano da franquia retornando às telonas. Depois de anunciar o título do filme, Feige afirmou que Tom Hiddleston será mais uma vez o vilão tão querido e amado. Sim, pessoal... Loki voltará aos cinemas! YAY!



Essa notícia não é nenhuma surpresa para para quem acompanha o Marvel Cinematic Universe. Desde sua estréia em 2011, Loki tem emergido como um dos personagens mais populares da série; servindo como o principal antagonista em The Avengers e formar uma improvável aliança com seu irmão em Thor: The Dark World. Agora é só aguardar pelas novidades que a Marvel ainda está reservando para o deus da trapaça...

terça-feira, setembro 30, 2014


Consultor de "I Saw The Light" comenta o trabalho do Tom

0
Se o tio Rodney Crowell ficou maravilhado em trabalhar com o Tom na cinebiografia do cantor Hank Williams, a gente ficou deslumbrada com a incrível declaração que ele postou em sua página oficial sobre a experiência que foi ajudar o moço Hiddleston a encarnar um dos maiores cantores e compositores de todos os tempos. Confiram o que ele postou:


Durante o mês de setembro de 2014, a nossa casa em Tennessee se tornou a base de operações para a transformação constante do Tom Hiddleston em Hank Williams. Eu tinha sido contratado por uma empresa de cinema --- cuja visão de lançar uma luz brilhante e corajosa sobre a vida e trabalho de Hank Williams despertou meu interesse infinito --- para produzir a música e ajudar o seu protagonista em encontrar o seu caminho até o coração de um dos maiores cantores e compositores de todos os tempos. 

O ator britânico, de formação clássica, chegou a Nashville no quarto dia do mês e no dia seguinte entrou em um ônibus de viagem com destino a Michigan e ao Festival de Música Wheatland, seus companheiros de viagem eram Claudia, eu e uma banda de quatro integrantes composta por Jerry Roe, Byron House, Pat Buchanan e Steve Fishell. Poucos minutos antes de participar de uma oficina   com Sarah Jarosz, cuja permissão eu tinha pedido em primeiro lugar, eu perguntei a Tom se ele gostaria de se juntar a nós no palco e cantar "I'm So Lonesome I Could Cry", uma canção de  Hank Williams que eu ouvira ele praticando no ônibus. Fiquei surpreso quando ele disse que sim e habilmente executou a música na frente do que devem ter sido 1500 pessoas. Mais tarde, naquela noite, com a minha banda no palco principal, e com muito pouca insistência da minha parte, ele apresentou uma versão alegre de "Move It On Over." Depois, cheio de alegria, ele admitiu quase que como um menino inocente, que nunca havia se apresentado com uma banda em sua vida e que havia adorado. 

Em um dia típico em setembro, eu o assisti se sentar para uma prova de figurino, fazer uma leitura de cenas importantes com o diretor durante quatro horas e protagonista, passar mais duas horas com um treinador de dialeto, e em seguida, a fim de perder o peso necessário para se parecer mais fisicamente com Hank Williams na tela, o vi correr sete quilômetros sobre os montanhosos terrenos do Tennessee. Com essas tarefas feitas, ele então se comprometeu a mais de seis horas de canto, de novo e de novo, para dominar uma canção dificílima como "Lovesick Blues." E então, quando ele finalmente desvendou o mistério do blues, do estilo, e ouviu uma reprodução de seu desempenho, respondeu dizendo: "Eu posso fazer melhor, deixe-me tentar de novo.". Então veio um jantar tardio, devorado antes de se ceder à algumas horas de sono. Depois de quase um mês colaborando com este talentoso artista, eu sou tão respeitoso com ética de trabalho dele quanto estou perplexo por suas habilidades de transformação. Sem dúvida, os realizadores escolheram o ator certo para o trabalho. 

E, aliás, tendo Ry Cooder como um parceiro de dueto em "God I'm Missing You" no American Music Awards Show foi bem místico também. 

Rodney

terça-feira, agosto 19, 2014


Tom Hiddleston e o Ice Bucket Challenge

1
Já está rodando pelas redes sociais desde o fim de Julho o tal do Ice Bucket Challenge ou Desafio do Balde de Gelo. Muitos artistas internacionais e nacionais aderiram ao desafio e como você precisa desafiar outras três pessoas, mais e mais famosos estão jogando baldes de gelo e água na cabeça. Incluindo o nosso querido Tom, que foi desafiado pelo também ator Nathan Fillion.



O que para nós é uma grande diversão e também para os que participam, para a ALS Association é algo bem maior. Eu fiz questão de criar um post falando do desafio que o Tom aceitou, para mostrar para os seus fãs e fãs de outros artistas que não é só jogar água e gelo na cabeça. (Já que algumas pessoas estão achando que é apenas ~zoeira~).

A ALS Association (aqui no Brasil ABRELA) é uma Organização Não-Governamental que faz pesquisas, tem clínicas e procura novos tratamentos e curas para a ELA (ESCLEROSE LATERAL AMIOTRÓFICA). O desafio do balde de gelo não é só pra "ser feito", além dele, a ALSA pede doações para continuarem as pesquisas, tratamentos e clínicas. Então, aqui estão os sites, tanto em inglês quanto em português, caso você queira fazer uma doação. Já que não somos famosos o suficiente pra ficar por aí fazendo e mostrando o desafio do gelo. IOSAHDAIO



domingo, julho 27, 2014


Giro de Notícias THBR

2
Hey Hiddlestoners! 

Como vocês já devem estar sabendo, a San Diego Comic Con está aí novamente. E ontem rolaram vários painéis bacanas, entre eles o da DC e claro, o da Marvel! Infelizmente o nosso Tom não estava lá, mas nós temos várias novidades relativas a ele. Todo mundo preparado? Então vamos nessa!


A nossa primeira novidade veio da boca do diretor Guillermo del Toro, que afirmou o seguinte sobre o Tom, a quem dirigiu em Crimson Peak"Devo dizer para vocês meninas, Tom Hiddleston é o cara mais legal da Terra", ele disse durante o painel da Legendary Pictures, sob uma onda de gritos da platéia. "Isso costumava ser no passado que você era ou bom, ou bonito e um idiota. Agora essa barreira está arruinada.".

E como disse a nossa modera Mariane Gusmão: DEL TORO SABE DAS COISA!


A nossa segunda novidade é sobre I Saw The Light, um dos novos projetos do Tom que ainda chegará aos cinemas. Em entrevista ao Daily Mail, Tom comentou mais do filme e de como ele irá abordar a vida e carreira de Hank Williams:

"Ele (o filme) irá percorrer todo o caminho até a trágica morte de Williams em 1953", Hiddleston contou. "Ele se foi com apenas 29 anos. Nesse período , ele escreveu algumas das maiores canções da história da música americana."

"O filme é sobre o homem por trás do mito, o poder de sua música, a enorme tensão de seu talento e carisma, e seus demônios formidáveis​​", ele continuou. 

"Ele trabalhou, tocou e viveu com dureza - havia mulheres, havia uísque - mas quando ele cantou sobre estar na casa do cachorro em Move It On Over, ou sobre o seu desgosto em I’m So Lonesome I Could Cry, isso veio  de um lugar honesto."

Hiddleston acrescenta: "A vida de Hank tem um arco dramático, mas, na verdade simples, ele era um gênio: a estrela que queimou duas vezes mais brilhante e viveu a metade do tempo. É um papel enorme para mim e uma responsabilidade enorme. Eu vou dar tudo que eu tenho."

Tom ainda contou: "Já comecei a cantar e tocar todos os dias."

"Foi arrepiante passar apenas um dia interpretando alguns dos maiores sucessos de Hank, como Hey Good Lookin’ e Long Gone Lonesome Blues com um músico tão talentoso (referindo-se a Rodney Crowell, lenda da música country que está ajudando na produção). Ele já expandiu meu alcance vocal e me deu algumas indicações sobre a adaptar o meu próprio tom para soar como Hank. Rodney me emprestou sua bela J45 Gibson para praticar. E ele vai estar a postos durante toda a sessão.", Tom acrescentou por fim.



E a última novidade de hoje veio diretamente da Marvel. Olha só o que apareceu lá no stand deles na SDCC:



#SDDSLOKI, sem mais! EHEHEHEHEHEHEHE