Bem Vindos ao Tom Hiddleston Brazil, o primeiro e mais completo fansite brasileiro dedicado ao ator Tom Hiddleston, mais conhecido por seu papel como Loki nos filmes Thor e Os Vingadores. Aqui você encontra as últimas notícias, entrevistas, fotos e vídeos sobre o ator. Obrigada pela visita, voltem sempre! -
Equipe THBR

terça-feira, fevereiro 02, 2016


Taika Waititi fala sobre Thor: Ragnarok + Loki

1


O diretor Taika Waititi falou mais sobre Thor: Ragnarok. Mais especificamente, o diretor discutiu brevemente o retorno de Tom Hiddleston como Loki, bem como a possibilidade de Cate Blanchett retratar a vilã Hela, entre outras coisas.

"No momento, todo mundo está tentando descobrir isso, como "O que ele vai fazer? '", Disse Taika Waititi sobre o Deus de Malícia. "Todo mundo adora esse personagem." 
Apesar de haver rumores sobre Cate Blanchett interpretar Hela, o diretor se negou a confirmar isso, apenas dizendo que sim, Cate está no elenco de Thor: Ragnarock e que já havia dito muito sobre o assunto.

Quando perguntado como ele planeja injetar humor em um filme baseado no apocalipse nórdico, ou melhor, o evento de quadrinhos inspirado pela mitologia nórdica, Taika Waititi riu.
"Ninguém sabe o que é o Ragnarok, eu comecei a ler sobre o verdadeiro Ragnarok nórdico e é ainda mais insano que nos comics. Loucura! Mas é nisso que eu vou realmente me concentrar, realmente fazer um esforço para mudar a coisa toda. Para mim, eu quero tratar isso como se fosse o primeiro filme Thor, então nós vamos refazê-lo. Você apenas tem que dar uma sacudida e deixá-lo fresco, como qualquer coisa. É também parte de um universo muito bem estabelecida agora, é por isso que eles me pegaram."


E aí, pessoal? O que esperam para o próximo Thor? Assim que tivermos mais notícias, postaremos aqui.


Trechos retirados de Comic Book Movie.

domingo, dezembro 06, 2015


Divulgado o trailer oficial de I Saw The Light! (Com legendas!!)

0
Depois de um bom tempo sem muitas notícias oficiais sobre este filme (tipo.. qualquer coisa! rsrs) eis que recebemos nada mais nada menos que o trailer! aleluia....

Para quem ainda não conferiu, o THBR preparou algo especial e para quem já viu agora pode ver com legendas! :D Apertem o play e confiram:






segunda-feira, novembro 09, 2015


"As crianças merecem a chance de uma infância"

1
Olá pessoal!
Como todos sabem, a união de Hiddleston + UNICEF UK sempre trás histórias lindas e comoventes, de tristeza e esperança ao mesmo tempo. Em 2013, Tom fez sua primeira visita humanitária à África, onde relatou em seu blog diário durante cinco dias suas experiências em uma região da Guiné devastada pela fome e sede, porém, ao que tudo indica, aquela não foi e nem parece que será a última.

No começo deste ano, o ator esteve no Sul do Sudão, um país ao nordeste da África que sofre cada vez mais pelas guerrilhas constantes. Desta vez não existem muitas fotos e tampouco um blog diário relatando seu tempo por lá, mas ele ainda assim tem um recado de alerta para dar a todos, olhem só:


Tom Hiddleston no Sudão do Sul: As crianças merecem a chance de uma infância.


"Em meio a crises e conflitos, são crianças as mais atingidas. Eu vi isto por mim mesmo no Sudão do Sul, em uma visita ao país com a UNICEF no início deste ano. O Sudão do Sul é uma guerra esquecida, que fere crianças com uma brutalidade imperdoável. Estupros, recrutamento forçado e ataques a escolas estão se tornando uma parte diária de suas infâncias. 
O país declarou independência do Sudão em 2011 e tem sido despedaçado por conflitos políticos e civis desde dezembro de 2013. As principais cidades transformaram-se em zonas de guerra, com cidadãos fugindo para a relativa segurança das áreas rurais. Muitas pessoas, muitas crianças inocentes: perdidas, desesperadas, morrendo de fome.
Um dia antes de meu voo para o Sul do Sudão, em fevereiro deste ano, a UNICEF anunciara que ao menos 89 garotos haviam sido raptados enquanto se preparavam para os exames escolares em Wau Shilluk, no estado do Alto Nilo. Esses meninos, alguns de apenas 13 anos de idades, foram forçosamente recrutados por uma milícia armada.
Três dias depois, eu me encontrava na exata mesma vila onde tudo aconteceu, um dos lugares mais remotos que eu já vira. Caminhando ao redor escola desolada, a destruição deixada pelo rastro da interrupção violenta da milícia na semana anterior ainda era visível. O parquinho estava vazio, carteiras escoladas derrubadas e portas penduradas nas dobradiças.
Em uma das salas de aula, eu conheci John* de 15 anos, que conseguira escapar do sequestro. Sentado no chão perto do canto, ele me contou que temia pela sua vida, que todos temiam. Ele me contou: “nós temos um grande problema para nos preocupar. Os soldados estão matando pessoas”. Porém, apesar do imenso perigo, ele ainda assim queria comparecer às aulas e preparar-se para seus exames.
No Sul do Sudão, cerca de 13,000 crianças foram recrutadas e estão sendo utilizadas em todos os lados da hostilidade, pondo suas vidas em risco e mudando irreversivelmente seus futuros. Encontrei um trabalhador humanitário da UNICEF na região do Alto Nilo, que conhecia dois garotos desesperados para ir para casa, mas ainda presos pelo medo que a milícia instalara em seus corações. As crianças nesta situação encaram uma escolha impossível, matar ou serem mortas. Para alguns, essas crianças podem parecer uma causa perdida. Mas não para a UNICEF que, assim como fornecendo água e cuidados vitais às crianças do país, estão trabalhando para libertar e reabilitar aqueles ainda oprimidos pela luta.
No estado de Jonglei, alguns dias depois, deparei-me com centenas de garotos que haviam sido recentemente soltos por um grupo armado chamado “Facção Cobra”. Eles estavam vivendo em um Centro de Cuidados Interino da UNICEF, aguardando pela reunificação com suas famílias. Todos recebiam abrigo, comida, educação, roupas e tratamentos de saúde básicos, assim como aconselhamento.
Um desses garotos, Afrikey* de 16 anos, estava se reencontrando com sua família pela primeira vez em quase dois anos no dia de nossa visita. Seu recrutamento, porém, havia deixado em si várias cicatrizes emocionais. Ele vira coisa que um rapaz de sua idade jamais deveria ter que ver e possuía um olhar distante de um homem muito mais velho, uma profundidade em seu rosto.  Eu testemunhei a reunião dele com sua mãe: um pouco de esperanças em meio à devastação.
Até este dia, não existe qualquer registro oficial sobre o que aconteceu com os 89 garotos de Wau Shilluk. Eu não posso evitar pensar onde estarão eles, o que estarão fazendo e se suas famílias sequer chegaram a vê-los novamente.
É por essas crianças, por meninos como John e Afrikey, que eu estou apoiando a nova campanha da UNICEF UK, que apela ao Governo a priorizar a proteção das crianças contra a violência em situações de crise. Crianças, sejam aquelas viajando pela Europa como refugiadas ou vivendo em conflitos como no Sul do Sudão, merecem a chance de uma infância.
Pelo bem de cada criança em perigo, nossos lideres devem tomar uma posição e fazer mais. O público pode apoiar o apelo da UNICEF UK ao primeiro ministro para proteger estas crianças da violência em unicef.uk/protect"
 * Nomes alterados para proteção de identidades
Fonte: Idependent 



quinta-feira, outubro 22, 2015


Elisabeth Moss confirma: o Tom é bom em tudo!

1


É um fato universalmente reconhecido que Tom Hiddleston é bom em todas as coisas. Todas as coisas. Sua colega de elenco em "High Rise", Elisabeth Moss confirmou isso ao MTV News em uma entrevista no Toronto International Film Festival no mês passado.

Moss, que também estrela "Verdade" - filme que está nos cinemas agora - nos disse que Hiddleston é, naturalmente, irritantemente charmoso e talentoso.

É tipo, vamos lá, ele é tão bonito, e é tão bom, disse ela. E ele é muito profissional. Ele é um bom ator. E chato!

Isso sem sequer mencionar o fato de que ele é um dançarino fantástico. Moss ainda deixou escapar sua suspeita de que Hiddleston pediu cenas extras de dança em "High Rise" apenas porque gostava de dançar. Enviada para avaliar as habilidades de dança, dele ela deu seu selo de aprovação.

Eu diria que ele é excelente, disse ela. Deus me livre ele não ser bom em alguma coisa.


-
FONTE: MTV News